InícioPortalGaleriaFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 Bateria de A a Z

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM Rafael
Admin
avatar

Mensagens : 17
Data de inscrição : 28/07/2007
Idade : 26
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Bateria de A a Z   Seg Jul 30, 2007 4:26 pm

O instrumento musical que conhecemos hoje como bateria , o tambor , pode ter sido , nos primórdios da humanidade , o pai de todos os instrumentos musicais , já que foi da percussão que a música surgiu.

Uma bateria é uma combinação de diversos elementos usados nas orquestras , a caixa por exemplo figura bastante em orquestras fazendo a base das melodias com os rufos , os surdos entram em cena quando a melodia precisa de uma base mais pesada , já os pratos , possuem um efeito bem cortante e diferente dos tambores.A bateria surgiu da combinação desses e de outros instrumentos individuais.

Nota : O diâmetro dos tambores e pratos é medido em polegadas.


Definições das partes de uma bateria:


Tambores
Todo tipo de tambor possui duas peles , uma numa extremidade do casco , e outra pele na outra.A pele que tocamos chama-se pele batedeira ou de ataque , a pele de baixo tem a função de responder ao som emitido pela pele de ataque , por isso chama-se pele de resposta.Existem alguns tambores e instrumentos de percussão que não possuem a pele de resposta.

Pontos de afinação
On pontos de afinação são os parafusos que pressionam a pele ao casco cilíndrico do tambor.É através deles que podem regular a tensão da pele , e consequentemente , a quantidade de vibração que ela produzirá e também a nota produzida pela percussão do dito tambor.

Confira no site batera.com.br um tutorial de como afinar sua bateria
www.batera.com.br/bateria/afinacao.asp

Caixa/Snare Drum


A caixa é o tambor mais agudo da batera.É o tambor , juntamente com o bumbo , que mais possui afinações , por ser um dos principais componentes do instrumento.As caixas , em particular , podem ser feitas de madeira ou metal.Geralmente é tocado com baquetas de madeira.A caixa é muito valorizada na música cubana , no funk e no jazz e na música brasileira , até dispensando o uso de tons e surdos.O som particularmente agudo dela se deve a uma esteira de fios metálicos que é colocada na parte de baixo , quando percutido , o tambor faz essa esteira vibrar também , resultando no som peculiar da caixa.Suas medidas não variam tanto , a maioria das caixas possui a medida de 14''.

Bumbo/Bass Drum


O bumbo é o tambor mais grave da batera.É o tambor , juntamente com a caixa , que mais possui afinações , por ser um dos principais componentes do instrumento.Bumbos geralmente são tocados com baquetas com ponta de feltro ou pedais com batedores de pontas também de feltro.O bumbo é o componente mais usado no heavy metal e suas variações.Na maioria das vezes é o tambor que aprensenta as maiores medidas , geralmente entre 20'' e 22''.

Tons

Os tons são os tambores mais agudos entre a caixa e o bumbo.São usados principalmente pra executar viradas , que são combinações de notas que podem , incrementar a estrutura de um compasso , preencher buracos na harmonia da música ou mesmo acompanhar as notas dos outros instrumentos musicais.Geralmente os tons ficam na frente do baterista , seja ele canhoto ou destro.Podem ser montados em cima do bumbo ou em racks , ou podem ser suspendidos por pedestais.Suas medidas variam bastante , desde 8'' até 18''.

Surdos

Os surdos são os tambores mais graves entre a caixa e o bumbo.Também são usados na execução de viradas , graças ao peso do som que emitem.Eles geralmente ficam à direita do baterista destro e à esquerda do baterista canhoto.Na maioria das vezes eles possuem uma estrutura própria pra se manter em pé , mas pode também ser suspenso em pedestais e racks.Suas medidas variam bastante , desde 8'' até 18''.


Pratos
Os pratos servem basicamente pra conduzir o ritmo.Todos os pratos possuem corpo e cúpula , o cúpula é a parte mais elevada em relação ao corpo.O corpo ressoa mais , a cúpula seca o som.
Abaixo , os principais tipos:

Chimbal/Hi-Hat

O chimbal é formado por uma dupla de pratos , montados um em cima do outro , fechando-se de modo que as duas cúpulas ficam opostas.Juntamente com a caixa e o bumbo o hi hat é o principal componente da batera.Usado principalmente para condução , também é muito usado na marcação dos tempos ou contra tempos.Do chimbal podemos tirar efeitos bem peculiares , já que são dois pratos soando ao mesmo tempo , e usando o pedal da máquina de chimbal que sustenta os dois pratos é possível abrir e fechar para multiplicar o som ou então abafá-lo.Suas medidas podem variar bastante.

Prato de Condução/Ride

Ele é usado tipicamente para condução e nada mais.Ele é muito duro e pesado pra ser usado como um prato de ataque , então é apenas usado para condução.A principais características deste prato são o seu peso , sua rigidez e sua cúpula grande.Com tudo isso é possível tirar um "som de sino" dele , ele é rígido exatamente pra isso.Percutindo o corpo de um condução você irá tirar um som mais aberto e resoante , um "teemmmmmmmm....".Já tocando a cúpula você vai produzir um som mais seco , agudo e menos resoante , algo como "timm..." , pois ela é a parte mais pesada do prato.O prato de condução é o tipo de prato com as maiores medidas , já que precisa de bastante área de contato com as baquetas.

Prato de Ataque/Crash

Ele é bem maleável , para que possa ressoar bastante , a ressonância é a principal característica do crash.Ele emite um som bem aberto e mais "violento".Comumente utilizado para fechar ou abrir os compassos com mais peso , pode também ser tocado durante uma virada.Geralmente é tocado em conjunto com o bumbo ou com a caixa.Possui medidas medianas , um pouco maiores ou até do mesmo tamanho que os chimbais.

Observação:
Existem pratos que possuem , ao mesmo tempo , características dos pratos de condução e de ataque , são comumente chamados de crash-rides , ou ataques-condução.Este tipo de prato pode ser usado como ambos os tipos.

Splash

Os splashes são , em resumo , pratos de ataque em miniatura.Porém não ressoam tanto quando os pratos de ataque , por possuirem menos metal.O som deles é extremamente cortante , algo como "tsssss".Pode ser tocado junto o bumbo , caixa , durante as viradas , enfim.O splash é o prato que apresenta as menores medidas.

China

O china é o prato que emite o som mais exótico , algo como "xááááá".Em resumo ele é um prato de ataque com a borda abaulada(veja a foto acima) , é graças a essa borda abaulada que o som dele é diferente.Pode ser tocado junto com a caixa , bumbo ou fazer parte de uma virada também.Particularmente , eu acho interessante o efeito resultante da percussão da caixa junto com o china.Geralmente possui a medida de um prato de ataque , ou maior.


Ferragens/Hardware
As ferragens são , resumidamente , a sustentação do kit , ou o seu esqueleto.Podem dar sustentação a qualquer componente de uma bateria , desde os tambores até os pratos , instrumentos de percussão como bongôs , cowbells , etc.Os tipos básicos são:

Estante para pratos - tipo normal

Ela sustenta qualquer tipo de pratos , desde os splashes até os rides.Geralmente três pés emborrachados mantém a estante em pé.Geralmente possui regulagem de altura , mas o corpo do pedestal termina em uma dobradiça fixa , que também pode ser regulada , mas não esticada.Especialmente útil quando não se dispões de tanto espaço pra montar o kit.É mais limitado.Geralmente são feitas de metal.A RMV produz pedestais de fibra de vidro , que são mais leves e resistentes à ferrugem.

Estante para pratos - tipo girafa

É uma estante como a anterior , mas a diferença está aonde o seu corpo termina.Sua dobradiça pode ser esticada ou recolhida , oque permite que aproveitar os buracos na montagem do kit com mais eficiência.Geralmente trazem um contrapeso na extreminadade oposta à dobradiça para manter o equilíbrio quando um prato muito pesado é colocado no pedestal.Porém ele ocupa um pouco mais de espaço que o pedestal tradicional.Não é tão limitado quando o pedestal normal.

Extensores

Um extensor nada mais é doque o último estágio de um pedestal tipo girafa.Pode substituir um pedestal quando não há mais nenhum espaço.Geralmente é montado com o auxílio de um clamp.É usado especialmente para pratos.

Tom Holder(Sustentador de Tons)

Cuida da suspensão dos tons em cima do bumbo.Possui regulagens de ângulo e altura.

Estante para Caixa

Cuida da sustentação da caixa.Possui regulagens de ângulo e altura.

Pedal de Bumbo Simples

É usado especialmente para tocar o bumbo com o pé , usando o batedor , ou pirulito , que pode ter ponta de feltro(para um som mais suave) ou de plástico(para um som mais pesado , ou então pode trazer as duas versões em um mesmo batedor.Pode também ser usado para tocar cowbells com o pé.O pedal possui uma presilha pra que fique conectado ao bumbo sem se soltar.Possui regulagens de tensão da mola e posição do batedor.Pode também possuir agulhas que se fixam ao chão para evitar que o pedal fique pulando.O pedal pode ser acionado por uma fita ou por uma corrente de metal , simples ou dupla.Pode possuir uma base de metal , ou não.

Pedal de Bumbo Duplo

Este , como o próprio nome diz , possui dois pedais e dois batedores.Possui as mesmas características do pedal simples , mas duplicadas.Uma estrutura com várias dobradiças conecta um pedal ao outro.

Máquina de Chimbal

A máquina de chimbal é responsável pela sustentação da dupla de pratos que dá nome a essa estante especial.Possui um pedal , pelo qual o baterista pode controlar o som tirado dos pratos , montados na parte de cima da máquina.Possui regulagens de altura.Geralmente é sustentada por três pés emborrachados , mas por economia de espaço (principalmente pelo pedal duplo) foi desenvolvida uma versão com apenas dois pés , oque dá mais liberdade na montagem do kit.O cachimbo é a peça que fixa o prato de cima , na estrutura metálica que faz o pedal funcionar.Quando o pedal é pressionado , o prato de cima se fecha sobre o prato de baixo.Geralmente fica à esquerda do baterista.


Acessórios mais usados
Cowbell
Usado frequentemente no samba , bossa , até mesmo no jazz e no funk , ele dá as caras até mesmo no hard rock.Ele pode ser tocado tanto com as mãos quanto com o pé.Para ser tocado com a mão , precisa ser preso por uma presilha em alguma região livre do kit , geralmente ele é fixado no espaço entre a caixa e o surdo , assim fica logo à frente da perna que toca o bumbo.Quando é tocado com o pé , um pedal e uma presilha especial são usados , a presilha mantém o cowbell ereto , com a abertura voltada pra cima , enquanto o pedal (que é um pedal de bumbo convencional) se fixa a essa presilha pra possa se manter conectado com o conjunto e o baterista possa tocá-lo com o batedor do pedal.

Versão com o pedal

Versão para as mãos
[img]http://www.worldmusicsupply.com/images/smpics/LP328.jpg[img]

Bloco Sonoro

É um pequeno instrumento de percussão , que pode ser feito de materiais artificiais , ou de madeira.Assim como o cowbell , pode ser tocado com pedais ou baquetas.

Baquetas
Existe diversos tipos de baquetas , com diversos pesos , comprimentos , densidades , espessuras , etc.São sempre vendidas aos pares , pois são fabricadas para assim serem usadas.

Uma baqueta é divida nas seguintes partes :


O Corpo: é a parte maior da baqueta e seu comprimento e diâmetro determinam sua proposta, podendo ser pesada, média, leve, longa ou curta.

O Pescoço: personaliza a baqueta. O maior comprimento oferece flexibilidade, mais rebote e velocidade. Baquetas com pescoço curto proporcionam menos flexibilidade, menos rebote, porém geram mais força, volume e resistência na área de ataque.

O Ombro: une o corpo ao pescoço. Sua posição dentro do comprimento determina o ponto de equilíbrio e a pressão que a baqueta pode exercer sobre os tambores.

O Cabo: Com seu perfil ligeiramente arredondado, também pode ser usado para tocar, produzindo um som grave e pesado.

A Cabeça: ou ponta é a menor parte da baqueta e carrega toda a responsabilidade de transformar o movimento em som. Como área de atrito, sua função é crítica. Portanto, cabeças bem desenhadas e com precisão no corte de seus perfis são fundamentais para a qualidade sonora nos pratos e tambores.

*Informações retiradas do site da C. Ibanez http://www.cibanez.com.br/anatomia_de_uma_baqueta.htm

Algumas baquetas saem de fábrica com uma manopla de borracha , cuja função é aumentar a aderência às mãos.

As baquetas podem ter sua ponta , que é a extremidade arredondada e oposta ao corpo , feita de :

Madeira : o material tradicional , que serve para a maioria dos fins

Nylon : que realça o som dos pratos , principalmente o prato de condução

Feltro : usado para fazer rulos em pratos e tocar kits de percussão

As pontas de madeira são as que mais variam em forma , podem ter a forma de flecha , ou então oval , dependendo do estilo de música para o qual a baqueta é construída.

Baquetas são diferenciadas também pelo seu peso :


Arrow 2A e 2B são as baquetas mais pesadas , específicas pra estilos musicais que exigem um certo volume do instrumento , como o heavy metal.
Arrow 5A e 5B podem ser usadas pra qualquer estilo musical , pois seu peso é mediano.
Arrow 7A é uma baqueta leve , específica para estilos do qual se exige rapidez nas e definição nas notas , como o jazz/funk.



Existem diversos pesos , mas esses são os principais.

Baquetas especias :
Vassourinha

São baquetas especias para jazz e seus derivados , como a bossa nova.É formado pelo corpo e um conjunto de pequenos fios metálicos ou plásticos , que tem a função de raspar a pele da caixa , para produzir-se um som como "shhhhhhhhhhh".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rlmusical.postalboard.com
 
Bateria de A a Z
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Resolvido]Multímetro SHIMIZU SH105 Bateria 22VDC
» Multimetro AF 105
» MOCHILA AQUECIDA = PIZZA QUENTE

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Assuntos Variados :: Dicas & Macetes :: Instrumentos de Percussão-
Ir para: